211392662

A Cozinha Mediterrânica

 

A dieta mediterrânica é considerada uma das melhores dietas do mundo. E muito se deve ao clima: os verões quentes e secos e os invernos amenos ajudam os terrenos mediterrânicos a produzirem excelentes produtos naturais que depois serão utilizados na cozinha mediterrânica.

O azeite, o vinho, as laranjas e os limões, uma grande variedade de outras frutas e verduras serviram sempre de base às várias gastronomias mediterrânicas. O peixe tornou-se na principal fonte de proteína desta dieta, acompanhada pelas carnes brancas de aves, borrego e cabra.

Resultam desta mistura pratos maravilhosos, leves e ricos em frescura e sabor, que contribuem para a longevidade dos seus povos e para uma saúde de ferro, mesmo em idades avançadas.

O Mediterrâneo

Com cerca de 2,5 milhões de km2, o Mediterrâneo é o maior mar interior do mundo. Estende-se do Estreito de Gibraltar ao Médio Oriente e à porta da Ásia, banhando o Sul da Europa e o Norte de África. É um mar quente, devido à influência do deserto do Saara, que comunica com o Atlântico, o Mar Vermelho e o Mar Negro.

Ao longo da história, foi, por isso, um meio de comunicação privilegiado entre continentes e culturas, servindo povos como os Fenícios, os Gregos e os Romanos, que o batizaram Mare Nostrum. Em redor da sua bacia, desenvolveu-se o contacto e o comércio entre várias civilizações e culturas, e cresceu a troca de experiências gastronómicas com base nos produtos que ali nasciam.

Reservas


ARDEMAR Special


Jantares de Grupo